NUTATIONAL INFRASONIC LIPOSCULPTURE®

NIL homem

Existem várias técnicas para retirar gordura do corpo humano, inventadas desde há muitos anos com uma evolução importante, tanto técnica como tecnologicamente.

Desde a lipoaspiração convencional, a lipoescultura com seringa, a lipoescultura ultra-sónica, a vibroliposucção e ainda outras que vão surgindo, todas com a mesma finalidade, mas com procedimentos diferentes no que respeita às técnicas utilizadas, tipo de anestesia e forma de trabalhar dos cirurgiões.

A cirurgia para retirar gorduras por técnicas de lipoaspiração, é das mais realizadas em todo o mundo.

Em 1997, o Dr. Ângelo Rebelo apresentou, pela primeira vez e como novidade, na Bélgica, a nova técnica de lipoaspiração com sistema vibratório, a vibroliposucção, que deu origem a uma série de novos sistemas integrados em lipoaspirações assistidas por máquinas vibratórias e chegando à ultima geração, a N.I.L. – Nutational Infrasonic Liposculpture®.

Pioneiro e dos principais promotores a nível mundial desta técnica, é dos mais recentes métodos para remover gorduras através de pequenos orifícios, com cânulas finas vibratórias.

A mobilização da gordura e a sua emulsificação são obtidas através da vibração da cânula provocada pela passagem no aparelho de ar comprimido. O material gorduroso é removido em simultâneo por aspiração.

Trata-se de uma técnica menos traumática para o doente, o que permite uma recuperação mais rápida, menor edema e menos equimoses.

A sua maior indicação é nas chamadas «gorduras localizadas» pois têm uma preponderância genética e nunca desaparecem totalmente com as dietas e o exercício físico.

Não está indicada para tratar a obesidade ou a perda de peso, podendo, no entanto, ser uma ajuda importante na redução de volume em determinadas regiões e até mesmo em modificar as características da obesidade e do excesso de peso, baixando consideravelmente os seus valores, com a consequente melhoria de saúde e da qualidade de vida.

A N.I.L. tem como principal indicação, reduzir volume e alterar a forma, sendo a perda de peso uma consequência secundária.

Que tipo de anestesia é utilizada para realizar a N.I.L.?

Na Clinica Milénio, a N.I.L. é realizada com uma nova anestesia, a local turbo tumescente, que é uma anestesia local especial, realizada com sedação, que é muito mais segura e permite tirar gordura sem perdas de sangue.

Não há anestesia geral nem internamento.

Como serão as cicatrizes da N.I.L.?

Nesta técnica realizada na Clinica Milénio, as cicatrizes são muito pequenas, em pouca quantidade e localizadas em locais em que fiquem mais escondidas.

Como é o pós-operatório e os resultados?

Todas as zonas intervencionadas ficam “negras” e “inchadas” temporariamente. Mas são muito menos marcantes com a N.I.L. em relação a outras técnicas, que variam de pessoa para pessoa na intensidade e no tempo que levam a passar, da quantidade de gordura tirada e da quantidade de zonas tratadas.

Há pessoas com mais tendência a ficarem “negras” e “inchadas”, e nessas levará um pouco mais de tempo a desaparecer. O habitual é por volta das quatro semanas começar tudo a normalizar.

Podem persistir por alguns meses zonas mais duras, fibroses, “formigueiros” que fazem parte do processo e que acabam por desaparecer.

Os resultados variam consoante os casos, de acordo com a quantidade de gordura a retirar, a região do corpo a tratar, os cuidados pós-operatórios, a colaboração do doente, medidas higieno-dietéticas adequadas, exercício físico, etc.