ESTRIAS

O que são as estrias?

EstriasAs estrias são um dos principias motivos que trazem as pessoas às consultas. Consistem numa lesão irreversível que ocorreu na pele e que comprometeu definitivamente a sua regeneração. As estrias são quase como cicatrizes que se vão tornando mais complexas e resistentes aos tratamentos à medida que o tempo passa.

Podem surgir em ambos os sexos, em qualquer idade e em qualquer zona do corpo e ser altamente comprometedoras designadamente quando são muito extensas e disseminadas.

Porque aparecem as estrias?

Existe sempre uma predisposição genética para a formação de estrias. Só assim se explica que em pessoas aparentemente semelhantes, que levam uma vida em tudo parecida, numas apareçam estrias e noutras não.

As estrias podem aparecer no contexto de determinadas patologias (como doenças hormonais), após certos medicamentos (corticoesteroides são os mais frequentes), ou nas situações em que a pele é obrigada a um grande «esforço» de dilatação como sucede numa gravidez ou nas flutuações de peso. Mas, em certas ocasiões, a verdade é que não existe nenhuma razão «aparente» para a sua formação.

Como tratamos as estrias?

O tratamento das estrias é complexo. Nas estrias avermelhadas recentes conseguem-se obter boas melhorias mas quanto mais tempo passa, mais lesado fica o tecido e mais complicado e demorado é melhorar.

Os tratamentos que mais usamos para tratar as estrias são dermoabrasão, peelings, laser, factores de crescimento plasmático, vitaminas, mesoterapia e cosmecêuticos que utilizamos isoladamente ou, preferencialmente, combinados. Através da combinação das várias técnicas é possível potenciá-las mutuamente e obter melhores resultados.

Os protocolos são desenhados de forma individualizada de acordo com as especificidades próprias de cada pessoa: a idade, a cor da pele, a localização das estrias, a sua causa e o seu tempo de evolução, entre outros